sábado, 31 de dezembro de 2011

UM BRINDE ...

... A TODOS ...


Para ganhar um Ano Novo

que mereça este nome,

você, meu caro, tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,

mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo

cochila e espera desde sempre.

Carlos Drumond de Andrade.





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

PRELÚDIO DE NATAL ...



Tudo principiava

pela cúmplice neblina

que vinha perfumada

de lenha e tangerinas


Só depois se rasgava

a primeira cortina

E dispersa e dourada

no palco das vitrinas


a festa começava

entre odor a resina

e gosto a noz-moscada

e vozes femininas


A cidade ficava

sob a luz vespertina

pelas montras cercada

de paisagens alpinas


David Mourão Ferreira.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

TEMPO ...



TEMPO

Tempo - definição da angústia.

Pudesse ao menos eu agrilhoar-te

Ao coração pulsátil dum poema!

Era o devir eterno em harmonia.

Mas foges das vogais, como a frescura

Da tinta com que escrevo.

Fica apenas a tua negra sombra:

- O passado,

Amargura maior, fotografada.


Tempo...

E não haver nada,

Ninguém,

Uma alma penada

Que estrangule a ampulheta duma vez!


Que realize o crime e a perfeição

De cortar aquele fio movediço

De areia

Que nenhum tecelão

É capaz de tecer na sua teia!

Miguel Torga, in "Cântico do Homem"



sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

UM AMOR IMPOSSÍVEL ...





Será o nosso amor impossível?

Mas se acreditamos nele será possível?

Se existimos como um raio de sol

Em paz e harmonia

Na luz sorridente da lua

Na mensagem de uma poesia

Numa letra pura

Que nos trás o amor

Na chama incandescente de calor

Da alma, do coração

Na simples razão

De existirmos…

No encanto de uma planície

Verde e cheia de encantos

O rio passeia pelas suas margens.

Belo e imponente

Ao mar vai desaguar

Num sorriso saliente

Como o brilho do nosso olhar

No simples pecado de amar…

Mas se acreditarmos

No amor,

Será este amor impossível?

Autor Desconhecido.

                                                  
                                                              

domingo, 11 de dezembro de 2011

13 LINHAS PARA VIVER ...

    


 Gosto de você não por quem você é, mas por quem sou quando estou contigo.

  Ninguém merece tuas lágrimas, e quem as merece não te fará chorar.

  Só porque alguém não te ama como você quer, não significa que este alguém não te ame com  todo o seu ser.

  Um verdadeiro amigo é quem te pega pela mão e te toca o coração.

  A pior forma de sentir falta de alguém é estar sentado a seu lado e saber que nunca vai poder tê-lo.

  Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso.

  Pode ser que você seja somente uma pessoa para o mundo, mas para uma pessoa você seja o mundo.
  Não passe o tempo com alguém que não esteja disposto a passar o tempo contigo.

  Quem sabe Deus queira que você conheça muita gente errada antes que conheças a pessoa certa, para que quando afinal conheça esta pessoa saibas estar agradecido.

 Não chores porque já terminou, sorria porque aconteceu.

  Sempre haverá gente que te machuque, assim que o que você tem que fazer é seguir confiando e só ser mais cuidadoso em quem você confia duas vezes.

  Converta-se em uma pessoa melhor e tenha certeza de saber quem você é antes de conhecer alguém e esperar que essa pessoa saiba quem você é.

  Não se esforce tanto, as melhores coisas acontecem quando menos esperamos.


Gabriel Garcia Márquez.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

ÁRVORES DO ALENTEJO ...




Horas mortas... Curvada aos pés do Monte
A planície é um brasido... e, torturadas,
As árvores sangrentas, revoltadas,
Gritam a Deus a bênção duma fonte!

E quando, manhã alta, o sol posponte
A oiro a giesta, a arder, pelas estradas,
Esfíngicas, recortam desgrenhadas
Os trágicos perfis no horizonte!

Árvores! Corações, almas que choram,
Almas iguais à minha, almas que imploram
Em vão remédio para tanta mágoa!

Árvores! Não choreis! Olhai e vede:
- Também ando a gritar, morta de sede,
Pedindo a Deus a minha gota de água!

Florbela Espanca.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

SAUDADE...




 Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda.




sábado, 5 de novembro de 2011

ÁRVORE DE AMIGOS ...



Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples facto
de terem cruzado o nosso caminho.
Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras
apenas vemos entre um passo e outro.
A todas elas chamamos de amigo.
Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.
Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para
que ele floresça como nós.
Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho.
Muitos desses denominados amigos do peito, do coração.
São sinceros, são verdadeiros.
Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...
Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado.
Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.
Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora.
Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.
Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes.
Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, sempre aparecem
 novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam
alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.
Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre... simplesmente porque:
Cada pessoa que passa em nossa vida é única.
Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.
Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas
 não se encontram por acaso.

Autor Gogóia.

domingo, 23 de outubro de 2011

SE TU VIESSES VER-ME...


Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
... A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...

Florbela Espanca.


quinta-feira, 20 de outubro de 2011

AH! O AMOR ...


Para meus amigos que estão...SOLTEIROS. O amor é como uma borboleta.
Por mais que tente pegá-la, ela fugirá...
Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado.
O amor pode te fazer feliz, mas as vezes também pode te ferir.
 Mas o amor será especial e apenas quando
você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém
que seja realmente valioso.
Por isso, aproveite o tempo livre para escolher.
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas
qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no
melhor que podemos ser.
Para meus amigos que gostam de...PAQUERAR. Nunca diga "te amo"
se não te interessa ... Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração.
Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar
em lágrimas por causa de ti.
A coisa mais cruel que alguém pode fazer épermitir que alguém se apaixone
 por você, quando você não pretende fazer o mesmo.
Para meus amigos...CASADOS. O amor não te faz dizer
"a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos;
 mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.
Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDO. Um coração assim dura
o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir.
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não
permita que ele chore para sempre.
Permita-se rir e conhecer outros corações. Aprenda a viver, aprenda a amar
as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar
os outros, aprenda a viver sua própria vida.
A dor de um coração partido é inevitável, mas o sofrimento é opcional.
E lembre-se: é melhor ver alguém que você ama feliz com outra pessoa, do que
vê-la infeliz ao seu lado.
Para meus amigos que são...INOCENTES.
Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro;
 não alimente esperanças, mas não seja crítico;
você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir
que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).
Prá terminar. Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas
com tamanha intensidade, que
se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata....Um dia descobrimos que
beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Vc não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela.....
Um Dia nós percebemos que as mulheres tem instinto "caçador"
 e faz qualquer homem sofrer...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples......
Um dia percebemos que o comum não nos atrai... Um dia saberemos que ser
classificado como o "bonzinho" não é bom .. . Um dia perceberemos
que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em vc...
Um dia saberemos a importância da frase:
"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas
não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século, esse tempo
todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para
dizer tudo o que tem que ser dito...O jeito é:
ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida, ou
lutar para realizar todas as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana.
 

sábado, 8 de outubro de 2011

O SOL E A LUA ...

"Quando o Sol e a Lua
se encontraram
pela primeira vez
eles apaixonaram-se perdidamente
e a partir daí
comecaram a viver um grande amor.
Acontece que o mundo ainda não existia
e no dia em que Deus resolveu cria-lo
deu ao Sol e a Lua o toque final: O BRILHO!
Ficou tambem decidido
que o Sol iluminaria o dia
e que a Lua iluminaria a noite.
Sendo assim, o Sol e a Lua
seriam obrigados a viverem
separados para sempre.
Abateu-se sobre eles
uma grande tristeza
quando tomaram conhecimento
de que nunca mais se encontrariam.
A Lua foi ficando cada vez mais amargurada
mesmo com o brilho que Deus lhe havia dado
tornando-se cada vez mais solitária.
O Sol, por sua vez havia ganho um título
de nobreza, o de "Astro-Rei", mas isso
tambem não o fez feliz.
Deus então chamou-os e explicou-lhes:
"Vocês não devem ficar tristes, porque agora
ambos possuem um brilho próprio".
"Tu Lua, iluminarás as noites frias e quentes
encantarás os namorados, e serás diversas vezes
motivo de poesias".
"Quanto a ti Sol, sustentarás o titulo de "Astro-Rei"
porque serás o mais importante dos astros
iluminando a terra durante o dia e fornecendo calor
para o ser humano. E a tua simples presenca
fará com que as pessoas sejam mais felizes".
A Lua entristeceu-se muito com o seu terrível destino
e chorou dias a fio... Já o Sol ao vê-la sofrer tanto
decidiu que não poderia deixar-se abater, pois teria
que dar forças à Lua, e ajuda-la a aceitar o que havia
sido decidido por Deus.
No entanto a preocupação do Sol era tão grande
que este resolveu fazer um pedido a Deus.
"Senhor, ajude a Lua por favor. Ela é mais fragil do
que eu e não suportará a solidão ..."
E Deus na sua imensa bondade
resolveu criar as estrelas para fazerem
companhia à Lua.
A Lua sempre que está muito triste
recorre às estrelas que tudo fazem
para a consolar, mas quase nunca conseguem ...
Hoje Sol e Lua vivem assim ... SEPARADOS.
O Sol finge que é feliz...
A Lua não consegue esconder a sua tristeza ...
O Sol ainda arde de paixao pela Lua ...
A Lua ainda vive na escuridao da saudade ...
Dizem que a ordem de Deus era que a Lua
deveria ser sempre cheia e luminosa ...
Mas ela não consegue isso ... Porque ela è
mulher, e uma mulher tem fases ...
Quando feliz consegue ser cheia ...
Mas quando infeliz é minguante e quanto é minguante
nem sequer é possível ver o seu brilho.
Sol e Lua seguem o seu destino ...
Ele solitário mas forte ...
Ela acompanhada pelas estrelas mas fraca ...
Deus decidiu que nenhum amor neste mundo seria
de todo impossivel. Nem mesmo o da Lua e o do Sol.
E foi então que Deus criou o ECLIPSE!
Hoje em dia o Sol e a Lua
vivem à espera desse instante
desses raros momentos que lhes foram concedidos
e que custam tanto a acontecer.
Quando alguem, a partir de agora, olhar para o céu
e vir que o Sol encobriu a Lua, é porque ele se deitou
sobre ela e comecaram a se amar.
E esse acto de amor se chama ECLIPSE.
Importante é lembrar que o brilho do extase deles
nesse acto é tao grande que se aconselha a não olhar
para o céu nesses momentos, porque os olhos podem cegar
de ver tanto amor."
Bem, mas na terra também existe sol e lua...
e portanto existe eclipse....

mas essa era a única parte da história que você já sabia, não era?!


Autor Desconhecido.




DESEJOS VÃOS ...



Eu queria ser o Mar de altivo porte
Que ri e canta, a vastidão imensa!
Eu queria ser a Pedra que não pensa,
A pedra do caminho, rude e forte!

Eu queria ser o Sol, a luz imensa,
O bem do que é humilde e não tem sorte!
Eu queria ser a árvore tosca e densa
Que ri do mundo vão e até a morte!

Mas o Mar também chora de tristeza ...
As árvores também, como quem reza,
Abrem, aos Céus, os braços, como um crente!

E o Sol altivo e forte, ao fim de um dia,
Tem lágrimas de sangue na agonia!
E as Pedras ... essas ... pisa-as toda a gente! ...

Florbela Espanca.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O SOL NAS NOITES E O LUAR NOS DIAS ...



De amor nada mais resta que um Outubro
e quanto mais amada mais desisto:
quanto mais tu me despes mais me cubro
e quanto mais me escondo mais me avisto.

E sei que mais te enleio e te deslumbro
porque se mais me ofusco mais existo.
Por dentro me ilumino, sol oculto,
por fora te ajoelho, corpo místico.

Não me acordes. Estou morta na quermesse
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie
nem teus zelos amantes a demovem.

Mas quanto mais em nuvem me desfaço
mais de terra e de fogo é o abraço
com que na carne queres reter-me jovem.


Natália Correia.




terça-feira, 4 de outubro de 2011

SONETO DE FIDELIDADE ...


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

 Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

 E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

 Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


Vinícius de Moraes.




segunda-feira, 19 de setembro de 2011

NÃO DEIXE O AMOR PASSAR ...




Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns
segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem
 d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar
 juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem
cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Carlos Drummond de Andrade.



quarta-feira, 14 de setembro de 2011

AINDA TE NECESSITO ...


"Ainda não estou preparado para perder-te
Não estou preparado para que me deixes só.
Ainda não estou preparado pra crescer
e aceitar que é natural,
para reconhecer que tudo
tem um princípio e tem um final.
Ainda não estou preparado para não te ter
e apenas te recordar
Ainda não estou preparado para não poder te olhar
ou não poder te falar.
Não estou preparado para que não me abraces
e para não poder te abraçar.
Ainda te necessito.
E ainda não estou preparado para caminhar
por este mundo perguntando-me: Por quê?
Não estou preparado hoje nem nunca o estarei.
Ainda te Necessito."

Pablo Neruda.

sábado, 13 de agosto de 2011

A FLOR DO SONHO ...



A flor do sonho, alvíssima, divina
Miraculosamente abriu em mim,
Como se uma magnólia de cetim
Fosse florir num muro todo em ruína.

Pende em meu seio a haste branda e fina.
E não posso entender como é que, enfim,
Essa tão rara flor abriu assim!…
Milagre… fantasia… ou talvez, sina….

Ó flor, que em mim nasceste sem abrolhos,
Que tem que sejam tristes os meus olhos
Se eles são tristes pelo amor de ti?!…

Desde que em mim nasceste em noite calma,
Voou ao longe a asa da minh´alma
E nunca, nunca mais eu me entendi…

Florbela Espanca.


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

AQUI TE AMO ...


Nos sombrios pinheiros desenreda-se o vento
a lua fosforesce sobre as águas errantes
andam dias iguais a perseguir-me.


Desperta-se a névoa em dançantes figuras.
Uma gaivota de prata desprende-se do ocaso.
Às vezes uma vela. Altas, altas estrelas.


Ou a cruz negra de um barco. Sozinho.
Às vezes amanheço e até a alma está úmida.
Soa, ressoa o mar ao longe. Este é um porto.
Aqui te amo.


Aqui te amo e em vão te oculta o horizonte
Eu continuo a amar-te entre estas frias coisas
Às vezes vão meus beijos nesses navios graves
que correm pelo mar onde nunca chegam.


Já me vejo esquecido como estas velhas âncoras.
São mais tristes os cais quando fundeia a tarde.
A minha vida cansa-se inutilmente faminta.
Eu amo o que não tenho. E tu estás tão distante.


O meu tédio forceja com os lentos crepúsculos.
Mas a noite aparece e começa a cantar-me
A lua faz girar a sua rodagem de sonho.


Olha-me com os teus olhos as estrelas maiores.
E como eu te amo, os pinheiros no vento
querem cantar o teu nome com as folhas de arame.

Pablo Neruda.




sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A VERDADEIRA BELEZA ...



A beleza que tanto buscamos está no nosso interior.
Não há roupa, nem penteado que embeleze a falta de caráter.
Vivemos em um mundo preocupado com o exterior, onde tudo tem que haver uma retribuição, até no amor, espera-se “recompensa”.
Nas brigas de casais, amigos ou familiares, quase sempre ouvimos queixas do tipo:
 - depois de tudo o que eu te fiz!
Verdadeiras cobranças infundadas, cheias de mágoa e ressentimento, frutos das
 atitudes exteriores que praticamos.
Esperamos demais sem oferecer tanto assim. Alma querida!
Antes que o sol se ponha novamente, aprenda:
 - o que vale é o que vai dentro de você!
Faça tudo com serenidade, mantenha-se de bem com você.
Faça o seu melhor, não espere nada dos outros, você mesmo deve olhar
para o que fez e sentir-se bem.
Ainda que venham críticas, desaforos, mal-agradecimentos, nada disso
 vai te afetar, porque você sabe que fez o melhor.
Vista a alma com bons pensamentos, perfume-a com boas ações.
Penteie as emoções com o bem, seja uma pessoa linda no seu interior, e brilhe
pelo encanto de refletir na sua face, a própria face de Deus.
Aquilo que somos é o nosso mundo!
Eu acredito em você!!

Autor Desconhecido.





sábado, 30 de julho de 2011

ETERNO ...



Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo,
mas com tamanha intensidade, que se petrifica,
e nenhuma força jamais o resgata!
Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência.
Acenando o tempo todo,
mostrando nossas escolhas erradas.
Fácil é ditar regras.
Difícil é segui-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas,
ao invés de ter noção das vidas dos outros.
Fácil é perguntar o que deseja saber..
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta.
Ou querer entender a resposta.
Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.
Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma.
Sinceramente, por inteiro.
Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.
Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém.
Saber que se é realmente amado.
Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.
Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.
Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.
Fácil é dizer "oi" ou “como vai”?
Difícil é dizer "adeus".
Principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...
Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.
Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois.
Amar e se entregar.
E aprender a dar valor somente a quem te ama.
Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá...
Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.
Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.
Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.
Ou ter coragem pra fazer.
Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais ! ... 
 

Carlos Drummond de Andrade.

  

quinta-feira, 14 de julho de 2011

SONHOS ...

Quando os nossos sonhos se acabam, fica um vazio imenso, Uma vontade de parar, de desistir de tudo...
É um período difícil, em que os dias, as horas, e até os segundos são longos...
Não conseguimos progredir...
Falta vontade, motivação...
Fechamo-nos para tudo e para todos, como se nada importasse, nada tivesse algum valor...
Vamos nos destruindo pouco a pouco...
Por que será que muitas coisas em que acreditamos, chegam ao fim?
Acreditamos na felicidade eterna, e muitas vezes ela não passa de um pequeno tempo...
Tempo suficiente para deixar uma saudade infinita...
Até que um dia...
Um novo sonho começa a dar o ar de sua graça, chegando de mansinho, tentando abrir os cadeados do nosso coração...
Estamos trancados, com um enorme medo de sofrer de novo. Mas mesmo assim, o novo sonho vem chegando, trazendo na mala tudo de novo...
E como todo novo sonho, é regado de novidades que fascinam, mexendo com emoções adormecidas, trazendo de volta a emoção de viver, amar, recomeçar!
Nesta hora, quando tudo ressurge, podemos avaliar melhor a vida...
Temos que transformar cada pequeno instante, em grandes momentos...
Eliminar tudo que maltrata o nosso corpo, o nosso espírito, e dar lugar somente ao que nos engrandece
como verdadeiro ser humano e filho de Deus!
E se os seus sonhos estiverem nas nuvens, não se preocupe...
Eles estão no lugar certo.
Construa os alicerces, e SUBA!
Nunca desista de ser feliz!
SONHE, pois o SONHO comanda a vida!!!
Atreve-te a SONHAR e encontra a FELICIDADE .

  Eliene Menezes.




sábado, 9 de julho de 2011

COISAS QUE O AMOR ENSINA DEPOIS DOS 40 ...



Amor não se implora, não se pede não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente...


Artur da Távola.

terça-feira, 5 de julho de 2011

O AMOR ANTIGO ...




O amor antigo vive de si mesmo,
  não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige, nem pede. Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda parte o tempo desmorona
aquilo que foi grande e deslumbrante,
o antigo amor, porém, nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho quanto mais amor.

Carlos Drummond de Andrade.



domingo, 3 de julho de 2011


Recebi este selinho de uma querida amiga: Simone Audrei http://vidadarata.blogspot.com/ , quem visita meu blog, já me ouviu falar dela, escreve lindamente, é maravilhosa e seu blog merece ser visitado.
Como sempre, veio acompanhado de algumas regrinhas, que passo a cumprir respondendo às questões que me foram colocadas:

1) Por que entre tantas actividades você prefere ler?
É um prazer antigo, cultivado desde a infância, uma forma de entrar em mundos desconhecidos, conhecer factos reais e fictícios, participar da vida de personagens e sonhar acordada...
Por exemplo, quando assisto a um filme, as imagens me são impostas ... nos livros, posso deixar minha imaginação me levar ...

2) Por que gosta de ler livros físicos na era da internet muitos leêm por ela?
Gosto de folheá-los ... gosto de fazer anotações ... parar, retornar, rever páginas ... carregá-lo para lá e para cá, por onde eu for...

3) Por que compra livros?
Porque gosto de tê-los sempre à mão ... lê-los quando me der vontade ... quantas vezes eu quiser, na hora que eu quiser...

4) De onde vem seu incentivo de leitura, blogs literários têm alguma influência?
Tive professores de Português, na infância que me incentivaram e obrigaram até, a ler... Eu, me apaixonei ... pela união de palavras ... pela linda composição que se podia fazer por elas seja em prosa ou em verso...

5))Você lê o que está na moda ou segue algum escritor que te agrada?
Leio aquilo que tem algo a ver comigo ... não sigo uma regra específica, um padrão, nem um escritor em especial...


6) Ler um livro atrás do outro faz bem?
Ler só faz bem! ... Abre horizontes, aumenta vocabulário, melhora a escrita, ocupa a mente, estimula a imaginação ... ler é tudo de bom !!!

Regrinhas do Desafio:
1 - Simone querida amiga, indico todos os blogues que estou seguindo:
Para todos os meus Amigos em geral.
Sintam-se a vontade para levar ou não o Selinho "Desafio Literário", sem nenhum constrangimento.
Obrigada a todos !!!!
Beijinhos!

2 - Músicas que me marcaram muito.
As musicas acompanham os momentos da vida... quando nos lembramos deles, vêm à lembrança com fundo musical. Tenho muitas outras ...
Mesmo assim, vou colocar em evidência:
"História de um amor"
"Why"
"The Miracle of Love"
"The Final Countdown"

3 - Livros que nunca vou esquecer.
Nunca nos esquecemos dos livros que já lemos ... algum conteúdo nos foge ... mas, o principal fica para sempre guardado...
Mesmo assim, vou colocar em evidência:
"Amor em Tempos de Colera"
"Fernão Capelo Gaivota"
"Os Maias"

4 - Dizer por que você acha que ganhou este selo.
Porque a Simone foi gentil e se lembrou de mim. Acho que, a Simone com a sua sensibilidade, percebeu que temos a mesma paixão pela leitura e pela escrita. Ambas compartilhamos o prazer das letras...
Obrigada querida amiga Simone!!! ... Gostei muito de participar neste desafio.
Beijinhos!

"DESAFIO LITERÁRIO ..."

5 Comentários:


Blogger José Sousa disse...
Oi Mizia! Vim para lhe ler porque gosto do seu canto e adoro a forma como escreve. Tal como fala dos livros, concordo plenamente. Não partecipo nessa coisa de selos e ter de nomear alguns blogues, pois julgo que seria mudar o padrão que quero ter nos meus. Também falar de uns e não de outros. Um beijo grande e bom Domingo.
3 de Julho de 2011 10:33
Eliminar
Blogger Juliana Carla disse...
Olá Mizia! Nossa trajetória no mundo da leitura é bem parecida: começamos a ler na infância por influência de professora, preferimos o livro impresso, levamos o prazer no momento da escolha, etc. Bom, por estes motivos e pelo conteúdo do blog, irei seguir este. Meu DNA não "bateu" com o seu outro cantinho. No mais, sinto muito pela demora para vir lhe visitar. O meu tempo está cada vez mais curto. Enfim, obrigada por seguir o BRAILLE DA ALMA. Seja bem-vinda! Sigo-te! Felicidades. Juliana Carla brailledalma.blogspot.com
3 de Julho de 2011 21:36
Eliminar
Blogger Simone Audrei disse...
Mais uma vez, fui presenteada com um lindo selinho, que devo repassar a blogs que gosto e visito, estou repassando para você. Se aceitar passe no meu blog e veja o post “Mais um selinho”. Fique a vontade para aceitar ou não, sem qualquer constrangimento, o que vale é a intenção. Bj.
4 de Julho de 2011 22:46
Eliminar
Blogger Humberto Baião disse...
:):):) tb gost€i d€ss€s livros ou film€ !! bj
19 de Julho de 2011 06:17
Eliminar
Blogger mizia disse...
Queridos Amigos/as, Com muita pena minha, não me foi possível responder
atempadamente a todos os vossos tão carinhosos comentários, por isso
vim hoje, deixar um enorme OBRIGADO !!!...
Voltem sempre, é um prazer !
Beijinhos com muito carinho!
mizia
20 de Agosto de 2011 22:06